Eu iniciei um e-commerce errado e te conto no que eu errei - JDOIS52

Eu iniciei um e-commerce errado e te conto no que eu errei

Olá!

Hoje, eu gostaria de contar para você a dificuldade que tive ao montar a minha primeira loja virtual. Não foi fácil!
Contratei uma das melhores plataformas disponíveis no mercado (pelo preço parecia), cadastrei os produtos, configurei as informações legais e apresentação da empresa, e foi para o ar. O visual ficou um luxo só!

Primeiro mês, nada. Solicitei assistência para a plataforma e a resposta foi “não prestamos assessoria na configuração”. Primeiro erro, confiei somente na apresentação comercial;
Segundo mês, opa, três vendas (pfff). Descobri que nosso site não abria em Celulares com Android, ou seja, em mais de 80% do tráfego. Isso descobri sozinho. Segundo erro da plataforma.
Terceiro mês, 10 vendas (rumo ao sucesso, SQN). Iniciamos os anúncios com o Google, onde foi o terceiro erro, direcionava tudo para a home;

Quarto mês, opa péra aí, vou pedir ajuda…
Busquei ajuda para avaliar o site e o que poderia ser feito. Muitos orçamentos astronômicos e nada de garantia nos serviços prestados.
Fui buscar no fornecedor da plataforma algumas dicas para alavancar as vendas e as dicas foram muito boas para configurar a plataforma, mas não de como posicionar ela no mercado. Decidi arregaçar as mangas e fazer um pouco de benchmarking (traduzindo, ver o que os concorrentes estão fazendo e utilizar as melhores ideias). Resultado = 12 vendas. Quarto erro, as estratégias que funcionam com um negócio nem sempre funcionam com outro.

Quinto mês, chegamos na incrível marca de 18 vendas (uau.. pfff). Modificamos os anúncios no Google para as categorias em vez da home, isso foi um acerto, mas, não era o correto ainda. Quinto erro, anúncios falavam uma coisa e direcionava para outra coisa.
Sexto mês, iniciamos o inbound marketing, nome bonito né! Mas dá um trabalhão. Criar conteúdo pensando no posicionamento orgânico do site (quando alguém busca no Google e mostra o seu produto). Resultado do mês, 21 vendas, os conteúdos demoram para iniciar o resultado, descobri isso sozinho e da pior forma pois tinha investido muito tempo para criar os conteúdos em um blog próprio (que configurei sozinho, uhul) e tinha traçada uma meta de 3 pedidos por dia. Sexto erro, iniciei um novo mecanismo de posicionamento sem pesquisar quando acontecem seus resultados.
Sétimo mês, terceirizei a criação de conteúdo. Sobrou mais tempo para outras ações de posicionamento como postagens em mídias sociais e também ações em mídias off-line, como rádio e panfletos. Resultado, 15 vendas. Desanimei? Quase! Sétimo erro, montar conteúdo dá menos resultado do que criar um conteúdo inédito.
Oitavo mês, lotei o site com mais produtos e aumentaram os números de acesso. Claro, com mais portas passam mais gente, mas não compravam, resultado = 25 vendas. Mas o que acontecia que as pessoas passavam pelo site e não compravam? Oitavo erro, não me preocupei com a velocidade, desempenho da loja. Inseri fotos muito grandes no site 🙁
Nono mês… chega, projeto cancelado, abandonado, simplesmente um cheque rasgado com muitos números nele.
Conto esta experiência para você pois nem sempre a melhor plataforma é a que mais vende e nem sempre a estratégia que deu certo para o seu concorrente ou algum outro e-commerce dará certo para o seu negócio.

Com esta experiência e de outras lojas já criadas, estas com sucesso e vendendo, criei um ebook junto com meu sócio, Jean Hoffmann, mostrando para você quais os erros que normalmente não vemos e acabamos cometendo na hora de iniciar uma loja virtual do zero. É uma excelente leitura para quem quer iniciar a sua loja virtual e está com muitas incertezas sobre quais os primeiros passos que precisam ser tomados.

Baixe nesse link e boa leitura!

 

Forte abraço!

assinatura-joari