Comércio On-line Cresce em 2016 - JDOIS52

Comércio On-line Cresce em 2016

Olá, Pessoal!

 

Feliz ano novo, que 2017 saiba o que seu irmão o Ano de 2016 andou aprontando.

Brincadeiras a parte…. 2016 foi um ano ruim para muitos.

Como foram as vendas de natal? Sabemos que para a maioria dos setores não foram muito bem. Nem vou falar em crise, pois, uma conjuntura de fatores fizeram com que toda economia sofresse como a muito tempo não vinha sofrendo.

Gostaria de compartilhar com vocês algumas informações para deixarmos mais antenados neste começo de ano.

 

vendas-varejo-2016Segundo artigo publicado na Valor.com.br, ” 2016 Foi o pior Natal para os lojistas de shoppings do país, o pior ano em faturamento desde que uma das principais entidades do mercado, a Alshop, começou a publicar os dados, em 2004. As vendas caíram 3% em valores nominais em dezembro, chegando próximos do 8% no acumulado do ano.”

Mas, o setor de vendas pela internet foi totalmente na contra mão da economia e afirmando as previsões do setor que obteve um crescimento de mais de 8% em vendas no ano (Fontes ebit.com.br).

Com a evolução da internet, novas tecnologias e o crescimento das classes C e D, com acesso a internet e celulares, o consumo de bens variados foi o salva guarda de muitos varejistas.

A cada ano as vendas via internet vem crescendo, mesmo com a recessão que o país sofre. Os resultados mostram que conforme a evolução do comércio online os mais diversos setores vem “apostando” nas lojas virtuais.

grafico-ebit-2016

O destaque do comércio on-line, segundo fontes do Sebrae, foram o setor de Auto Peças, com a baixa nas vendas de carros novos os proprietários de carros, motos e caminhões, começam a procurar peças de reposição.

Em segundo vem o setor de Moda e Acessórios, a padronização das medidas, as políticas de trocas sendo respeitadas pelos lojistas fizeram o setor ter 12% de participação nos pedidos de 2016.

O terceiro lugar com maior crescimento foi o setor de Decoração, segundo fontes Sebrae, isso foi devido ao ingresso de pequenos fabricantes de artefatos de decoração de diversas regiões do país. Suas principais vitrines são os grandes Marketplaces.

 

O quadro ao lado confirma que 2016 as vendas on-line vem sendo diversificadas nos mais diversos setores varejistas.previsa_faturamento2016

 

Mas, este resultado só foi possível com a abertura de espaços nos grande players de e-commerce do mercado varejista, como, Mercado Livre, Walmart, Submarino, Americanas, entre outros.

Veja bem, este crescimento só não foi maior porque, novamente, fomos “atrapalhados pelo governo federal”. Com as alterações promovidas ao comércio eletrônico pela Emenda Constitucional nº 87/2015 (“EC 87/15”), o e-commerce sentiu na pele (pelo menos de uma forma específica e direcionada), as mazelas de se estar submetido ao fisco brasileiro.

A complexidade estabelecida pela referida Emenda afetaram às operações que destinam mercadorias a consumidores finais (não contribuintes do ICMS) estabelecidos em outros Estados.

A apuração, confusa e pouco prática, gerou insegurança. A complexidade aumentou o custo operacional. A tributação, de um modo geral, passou a ser uma preocupação latente do setor.

 

 Mas, uma coisa é de conhecimento de todos, não tem como atrasar o avanço da tecnologia e ainda mais quando cai no gosto do consumidor.

A facilidade de acesso a diversos produtos, ofertas e a comodidade de comprar tudo da sua casa, sem o estresse de trânsito, assaltos, filas fazem do comércio eletrônico o futuro certo para todos os comerciantes.

grafico_economia

 

Todas as previsões que temos para 2017 são de melhoras para o setor de varejo, mesmo com a estagnação que já é apontada por indicadores macroeconômicos.

Esta crença está em algumas medidas que o governo tomará para estimular a economia e como sabemos quando os consumidores ficam carentes de consumo, assim, no primeiro momento que a situação melhora eles aproveitam.

Então comece a planejar o ano o quanto antes, pesquise, busque informações e invistam para que o retorno seja melhor que 2016.
Para saber mais sobre comércio eletrônico, como montar sua loja on-line, converse com a gente ou acesse no site www.jdois52.com.br.

Mais informações: contato@jdois52.com.br, fone 47-3525-3924 ou Whats 47-98457-1165.

banner-inicial